terça-feira, 1 de janeiro de 2008

1 de Janeiro de 2008


Em primeiro lugar desejo mais uma vez um Bom Ano de 2008 a todos.

Hoje é o primeiro dia do ano, feriado, dia para descansar o esqueleto, eu sei mas não podemos perder tempo.

É preciso começar desde a chamar a atenção aos governantes deste Pais que é preciso arrepiar caminho para que de uma vez por todas Portugal volte a ser um Grande Pais apesar da sua pequena área.

É verdade é um Pais pequeno mas tem muito boa gente, gente trabalhadora como se pode ver naqueles que vão trabalhar para fora, e lá são dos melhores em termos de produtividade. Porque será?

Neste Pais temos uns governantes que se fartam de falar que em Portugal não se produz,

E o exemplo vem de quem?

Exactamente desses srs. Então qual é a produtividade do nosso Parlamento?

E qual é a produtividade dos governantes em geral?

Não é a lei anti tabaco com todo este mediatismo que vai contribuir para que se produza mais, ou será?

Será que vai fazer descer a taxa de desemprego?

Será que só os condutores é que necessitam de medidas de repressão para que o número de mortos baixe na estradas?

Então não se faz nada contra os que fazem maus traçados, para a sinalização defeituosa, para a existência de lençóis de água por falta de drenagem etc.

E o que me dizem de alguma publicidade que ouvimos todos os dias “se não tem carta de condução …………….é solução”, quer dizer que de alguma maneira se arranja para que mesmo aqueles que não estão habilitados correctamente andem por ai a conduzir aqueles pequenos veículos.

Isto não é um perigo acrescido?

Srs. governantes não é com leis mediáticas e espectáculo que Portugal vai para a frente, mas sim com o verdadeiro exemplo que a poupança começa nos governantes, em vez de culpar sempre quem trabalha.

A lei tem que ser igual para todos, é como na estrada uns têm que ter carta outros não.

O trabalho tem que ser premiado com rendimento que chegue para pagar os impostos, porque se continuamos assim um dia destes a maior parte dos portugueses são presos por deverem ao fisco.

Bem o que eu queria em 2008 era não ver tanta vez os srs. que nos governam nos meios de comunicação a dizer que estamos a avançar, mas pelo contrario o receptor da mensagem, que somos todos nos contribuintes cada vez sentimos o cinto mais apertado.

Srs. governantes neste 2008 trabalhem mais e culpem menos os outros S F F.

3 comentários:

mafioso disse...

Oh Sr. Carlos, esse seu desejo para 2008 também se aplica ao seu chefe, ou é so prós outros...?

Anónimo disse...

A nova lei do tabaco não vai fazercom que haja mais produtividade no nosso país, mas sim que as pessoas aprendam a ter mais civismo!

Carlos Proença disse...

É claro que é para todos os governantes.