sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Castelo Branco perde Direcção Distrital de Finanças



Serviços transitam para Viseu onde ficará a Direcção de Finanças do Interior Centro



Castelo Branco pode estar prestes a perder mais um serviço público. Desta vez, trata-se da Direcção Distrital de Finanças de Castelo Branco cujos serviços poderão, brevemente, ser concentrados na cidade de Viseu que irá concentrar as actuais Direcções Distritais de Castelo Branco, Guarda e Viseu, no âmbito da reestruturação do organigrama da Direcção-Geral de Contribuições e Impostos.

Apesar de ainda não ser oficial, o certo é que a criação da futura Direcção de Finanças do Interior Centro, parece ser uma realidade não muito distante.
Fontes fidedignas, confirmaram esta possibilidade que a acontecer irá afectar cerca de uma centena de funcionários que actualmente integram a Direcção Distrital de Finanças de Castelo Branco.

De acordo com as nossas fontes, “esta situação parece ser um dado adquirido” e acrescentam que “a deslocação física e humana ainda não está definida”, ou seja, ainda não se sabe muito bem como se vai processar.
Porém, tudo leva a crer “que se processe de uma forma gradual e que em Castelo Branco fique uma delegação da Inspecção Tributária”, refere a nossa fonte.

Caso se venha a confirmar, a cidade de Castelo Branco perde mais um serviço público sem que haja praticamente reacções por parte das entidades competentes e locais.

É que, convém recordar, que esta não é uma situação nova. Em Maio do corrente ano, as forças vivas e entidades da cidade da Guarda reivindicaram para si a sede da futura Direcção de Finanças do Interior Centro, aprovando a autarquia, por unanimidade, uma moção que seguiu para o ministro das Finanças e para o primeiro-ministro.



1 comentário:

Carlos Proença disse...

O Eng.Sócrates deve de odiar tanto o Interior que enquanto não acabar com ele não descansa.